Motocross
Evento de Motocross na Cortelha

GrupoEtnografico
Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão

ManjaresSerranos

Manjares Serranos da Cortelha


FestivalFolclore
Festival de Folclore da Cortelha

Pedestre
Passeio Pedestre

Bem vindo ao site da Associação dos Amigos da Cortelha

Quarta, 08 de Dezembro de 2021

Quinta, 01 de Maio de 2008
Versão de Impressão | Enviar este artigo a um amigo

Sandro MarcosFoi num clima de festa e de muita adrenalina que o circuito de Motocross da Cortelha recebeu mais um Grande Prémio de Maio em Motocross, a 28ª edição, neste dia 1 de Maio.


O tempo não desiludiu e a organização esteve ao seu habitual nível, proporcionando um espectáculo de elevado grau aos cerca de 5.000 espectadores que aproveitaram o feriado de 1 de Maio para se deslocar ao interior algarvio, para assistir ao Kawasaki Motocross da Cortelha. A pista estava como já é normal bem preparada e os pilotos não desiludiram, com um leque de lutas bem disputadas pelos lugares cimeiros.


EM MX1 PAULO GONÇALVES DUAS VEZES


Em MX1, classe rainha, Paulo Gonçalves (Repsol/Honda/MotoGarrano) mostrou a razão pela qual lidera destacado o Campeonato. Hugo Santos até saiu na frente e dominou a prova até às últimas voltas, altura em que Paulo Gonçalves fez valer toda a sua experiência e bom momento de forma para assaltar o primeiro lugar e conquistar os 25 pontos em disputa. Hugo Santos, da Motorace Suzuki Cepsa, teve que se contentar então com o 2.º lugar, naquela que foi uma das lutas mais emocionantes da tarde. Luís Correia não conseguiu acompanhar o ritmo dos primeiros e ficou-se pela terceira posição.


Na segunda manga da tarde, a última do dia, Luís Correia, ribatejano da Team LFSPORT Competições, saiu na frente, mas rapidamente Paulo Gonçalves e Hugo Santos conquistaram as duas primeiras posições. Depois de uma luta feroz pelo 1.º lugar, Paulo Gonçalves superiorizou-se ao piloto flaviense e venceu confortavelmente, aumentando assim a sua liderança no Nacional MX1.


EM MX2 SANDRO MARCOS AVASALADOR


A primeira manga da tarde, classe MX2, ficou marcada pelo domínio do piloto Sandro Marcos, da MotoGomes Suzuki Cepsa, que deixou para trás toda a concorrência e dilatou a sua vantagem na liderança do Nacional MX2. Paulo Alberto, em Kawasaki, ainda tentou seguir na sua roda mas foi incapaz de o alcançar. Grande interesse da manga esteve na luta pelo 3.º lugar, com Nélson Silva a superiorizar-se no final ao espanhol Roman Perez.


A segunda manga não foi muito diferente no resultado final, no entanto Paulo Alberto, da Hard Racing Team, passou algumas vezes pela liderança, terminando no entanto no 2.º lugar, atrás do cada vez mais líder Sandro Marcos.


CLASSE INFANTIS TAMBÉM NO ALGARVE


Na corrida dos mais pequenos, que é tão do agrado do público o dorsal 7, Pedro Garcia, venceu em infantis A, enquanto que Ruben Luís venceu em Infantis B. Numa prova que até serviu de preparação para o Campeonato do Mundo de Motocross, a disputar na Cortelha a 17 e 18 de Maio, o resultado final foi bastante positivo, com excelentes provas dadas quer pela organização quer pelos pilotos nacionais.


Para os amantes do Motocross, a não perder a 17 e 18 de Maio, Mundial MX3 e Europeu MX2 na Cortelha, capital algarvia do Motocross.


O Kawasaki Motocross da Cortelha, contou com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, Junta de Freguesia de Salir e Região de Turismo do Algarve, mas também com o patrocínio da Kawasaki, Algar, Águas do Algarve e Crédito Agrícola.