Motocross
Evento de Motocross na Cortelha

GrupoEtnografico
Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão

ManjaresSerranos

Manjares Serranos da Cortelha


FestivalFolclore
Festival de Folclore da Cortelha

Pedestre
Passeio Pedestre

Bem vindo ao site da Associação dos Amigos da Cortelha

Terça, 27 de Fevereiro de 2024

Sexta, 19 de Dezembro de 2008
Versão de Impressão | Enviar este artigo a um amigo

Rei Mago e CameloA Associação dos Amigos da Cortelha (AAC) construiu mais uma vez o seu tradicional Presépio. Este ano a iniciativa cresceu e para além do habitual espaço no Largo da Associação, é também possível apreciar diversas figuras natalícias pelas ruas desta típica aldeia do concelho de Loulé.

A Aldeia da Cortelha, em pleno coração da Serra do Caldeirão, viu mais uma vez crescer o tradicional Presépio. Esta actividade, levada a cabo pela Associação dos Amigos da Cortelha no âmbito das comemorações natalícias, tem-se revelado de absoluto sucesso, cotando-se este presépio como um dos mais apreciados e visitados em toda a região.

Para este ano, a colectividade decidiu trazer algumas novidades à iniciativa, onde tem especial destaque o facto do presépio ter extravasado os habituais limites do Largo da Associação. O presépio desta aldeia da freguesia de Salir, pretende espelhar o contexto global do significado do Natal, desde o caminho a percorrer pelos Reis Magos, até à cabana onde tradicionalmente se atribuí o nascimento de Jesus, passando pelo enquadramento do mesmo no meio rural.

Será assim possível apreciar ao longo da Aldeia várias figuras em tamanho real, nomeadamente os reis magos nos seus camelos, assim como um burro e um moleiro. As figuras, construídas pelas mãos da população local, estarão assim distribuídas pela localidade, em pontos estratégicos e de fácil acesso aos inúmeros visitantes.

Para a construção do Presépio da Cortelha a população utilizou materiais oriundos da Serra do Caldeirão, sendo a cortiça o elemento fundamental, com a consequente carga sentimental a ela inerente. Sendo esta a principal fonte de rendimento dos habitantes da aldeia, a cortiça desempenha neste presépio algo muito mais importante do que simples matéria-prima: transporta a alma das gentes da Cortelha.

Este será o ponto de partida para um projecto que pretende a curto prazo tornar esta simpática aldeia num verdadeiro e completo presépio. Será possível apreciar este inédito presépio até ao dia 06 de Janeiro, numa original e criativa iniciativa que promete dinamizar e alegrar esta localidade serrana.